Covid-19 e nossos comportamentos



De todas as dificuldades que venho passando com o confinamento em razão do COVID-19, a maior delas para mim, tem sido todas as controvérsias que se apresentam, inclusive quando se trata da reação e/ou o entendimento das pessoas sobre a situação que nos abate.


Não moro na Europa, nem nos EUA, nem na China. Moro no Brasil., e como já sabemos, nossos saberes e nossas certezas são resultados das nossas crenças, que se formaram ao longo da vida, pela educação que recebemos, pelas dores que presenciamos, pelos grupos de convivência que escolhemos, pelas certezas que adquirimos e pelas "verdades" que nos foram apresentadas e que abraçamos.


Daí, que além dos inúmeros argumentos que estão sendo lançados pela mídia, pelos governantes, pelos inúmeros "especialistas" brasileiros, sim, porque se existe um povo que é revestido de certezas de toda sorte, é o brasileiro. Sabe como ninguém, quem é o melhor técnico de futebol, o melhor time, político bom (???), quem é o político pior (??????), quem deve fazer o que: ficar em casa, trabalhar, ir ao baile funk, olhar o por do sol na praça, qual canal de TV assistir, qual remédio usar, e por ai vai .


Diante de cada acontecimento em inúmeros acontecimentos me pego perguntando: nossa, será que eu sou desse planeta ? É claro que vejo alguns outros ET's perdidos por aí, que pasmem, só pensam em AJUDAR. Não fazem parte da turma do quanto pior melhor, estão interessados apenas em ajudar, pois entendem que chegou a hora de colocar em prática aquela fraternidade tão esperada e cobrada pela raça humana em tantas situações, e assim, esses ET's trabalham, trabalham, trabalham e trabalham.


Alguns, são chamados de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, toda categoria profissional da área de saúde, auxiliares de limpeza, terapeutas, motoristas, seguranças, balconistas de supermercados, de farmácias, etc, etc, etc. e tantos outros anônimos vizinhos, amigos, vários estranhos, que se dispõem a ajudar de alguma forma.


Será que não está na hora, de avaliarmos nossas atitudes ? Rever nossos conceitos ? Tentar entender que alguma coisa muito transformadora está acontecendo? Não será a hora de diminuir os avaliações "especialistas", e se colocar à disposição?


Pedir ao Universo, a Deus, a Energia, ao Cosmo, a Shiva, a Plutão, ou qualquer outro nome que faça sentindo para você , seja, orando, meditando, respirando, praticando yoga, fazendo visualização criativa, ou qualquer coisa dessas que ajude você a se colocar pelo menos à sua própria disposição, sem julgamentos, sem grandes explicações, sem responsabilizações descabidas, e de preferência, que seja imediatamente, pois não sei se você já percebeu:

" não temos muito tempo para o despertar ".






35 visualizações
  • Canal Selem Youtube
  • Página Selem Facebook
  • Perfil Selem Instagran